Perdido


Chuva caindo em um domingo de manhã. É só mais um dia entre tantos que já se passaram desde que cheguei aqui.
Os dias vão passando e eu oscilo entre a certeza que as coisa vão melhorar e a incerteza que sou capaz de fazer com que isso aconteça. A noite quando fecho os olhos meus pensamentos não se dispersam e a angustia continua a tomar conta de mim. Sei o que devo fazer, sei como devo fazer, mas parece que minhas forças já não são o bastante para que eu me mova.
Dia após dia, noite a após noite... A solidão que antes era passageira, hoje faz morada ao meu lado. A tristeza que todos dizem ser temporária parece não ter data para ir embora. Será que serei realmente capaz de dar a volta por cima?
A chuva cai e penso que aqui não é meu lugar, o sol vem e penso que aqui não é meu lugar. Mas se aqui não é meu lugar, onde então será? Os dias vão passando impetuosos e cá estou eu! Não mais um jovem e mesmo assim procurando entender quem sou e querendo descobrir para onde devo ir.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pentapolar

Eu e minha mania de confiar nas pessoas...

Não é por nada disso... (POESIA)