Pensamentos compartilhados!



Na vida, nada do que acontece faz muito sentido, até a hora que acontece algo inesperado. Às vezes nem tudo de ruim que acontece é tão ruim assim! Dependendo do ponto de vista, pode-se aproveitar algo. Perder um grande amor, abre possibilidades de se encontrar outro e não cometer os mesmos erros.
Perder alguém nos mostra o quanto essa pessoa era importante e a necessidade de demonstrar isso pra quem ainda está do nosso lado.
Não vale a pena ficar se lamentando por causa de alguma coisa perdida, só se perde algo que nunca se teve, como por exemplo, amor não se perde, amizade não se perde, consideração não se perde, coisas importantes e intensas não se perdem, podem até esfriar um pouco, ficarem adormecidas mas, nunca se perdem, no fundo, sempre sobra uma lembrança que fará o coração palpitar novamente.
Viver imaginando: e “se” eu tivesse feito diferente, e “se” eu estivesse lá, e “se” eu tivesse tentado.... mas, e “se” o chão se abrir e me engolir, e “se” marte atacar a terra, não podemos ficar considerando todas as possibilidades, o interessante é se abrir as oportunidade.
Ficar preso ao passado dá a ele o direito de não te libertar para novas experiências.
Imagino que amar não devia ser tão complicado, deveríamos apenas amar e ser amado e assim a humanidade viveria o tão sonhado “e foram felizes para sempre!” Mas... o que vem a ser o sempre? Porque não consideramos apenas o momento que fomos felizes, esses momentos podem ser o sempre de alguém, porque culpar alguém de não ter dado certo, e se deu certo? Mas, apenas o suficiente pra se tornar inesquecível, dar certo não significa pela vida inteira, dar certo significa se encaixar em algum momento, que dure 1 minuto ou 1 ano (porque se durou menos de 1 minuto, é porque realmente não era pra ser...rsrsr), apenas aconteceu, isso é o que deveria importar né?
Ser feliz, ou estar feliz? Isso é só uma questão de oportunidades aproveitadas, manter-se feliz, ou fazer alguém feliz? Isso é só uma questão de escolha, viver de verdade, ou se esconder atrás de perguntas lamuriosas? Isso é só questão de tempo, tempo pra se perceber que se está perdendo tempo.
Os momentos importantes devem ser lembrados e valorizados, pois na maioria das vezes eles só acontecem uma vez.
Às vezes é difícil perceber que tudo o que vivemos é simples, somos nós que complicamos, nós que tornamos insustentável, porque não saiu do jeito que planejamos, mas será que planejamos certo? Mas o que seria o certo?
Não existe o certo ou o errado existe apenas pontos de vistas diferentes, não existe o bom e o mau, é interessante considerarmos a possibilidade do meio termo, tudo tem dois lados.
Basta escolhermos o que mais se identifica com o nosso perfil, e fazer dar certo. Porque saber aproveitar incondicionalmente é que faz a escolha certa ser realmente a que se encaixa.


Autora: Deiliana Maia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pentapolar

Eu e minha mania de confiar nas pessoas...

Não é por nada disso... (POESIA)